No último sábado (23/04) foi de muita festa para os parentes Lauschner de diversas regiões do Brasil. Conforme a organização do evento, participaram caravanas de Santa Cruz do Sul, Vera Cruz, Três de Maio, Blumenau, São Carlos, Sinop, Porto Alegre, Paraguai, São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira/Barracão, Medianeira/Foz do Iguaçu-PR, Mondaí, Tunápolis, São João do Oeste e até de Manaus-AM. A programação contou com celebração religiosa no Clube Imigrantes seguida de almoço festivo e reunião dançante durante a tarde. 

 

Para o presidente da comissão organizadora, Valentim Lauschner, este foi um momento gratificante, já que a festa estava prevista para abril de 2020 e só pode ser realizada dois anos depois, em função da pandemia. “Reunir os parentes espalhados pelo Brasil em tão grande número para festejar a vida foi gratificante. Agradeço a participação das caravanas vindas de todos os lugares para a confraternização em família, com muita alegria e diversão”, destaca Valentim.

 

Durante o evento foram exibidas imagens das festas passadas, que teve início no ano de 1999 na cidade de Três de Maio, na época organizada somente pelas famílias de Isidoro e Eriberto Lauschner com a participação de todos os filhos, e que agora chega na 20ª edição reunindo 250 descendentes (no pós-pandemia). Valentim lembra que em 2000, no caso o 2º Encontro foi na AABB aqui em Itapiranga, em 2009 o 10º foi no Clube Imigrantes, na época reunindo também próximo a 300 participantes, quando foi lançado o Hino dos Lauschner.

 

A história dos Lauschner no Brasil tem origem com a chegada do casal Augusto e Edwiges Lauschner no dia 7 de setembro de 1872, com oito filhos. Pelas pesquisas realizadas, todos os Lauschner que se tem notícia descendem deste casal de imigrantes. Eles se estabeleceram na Linha Boa Vista, em Santa Cruz do Sul, RS. Atualmente, 150 anos depois da chegada ao Brasil, os Lauschner estão espalhados principalmente na região sul do país com algumas ramificações também para o norte, a exemplo dos parentes vindos de Sinop e de Manaus. 

 

A festa de sábado seguiu até o anoitecer com muita animação, regada com chopp Lassberg. A tradicional dança polonesa foi uma atração a parte que envolveu a grande maioria dos participantes da Festa. O próximo encontro será na cidade de Três de Maio-RS, nos dias 21 e 22 de abril de 2023, feriadão de Tiradentes.

 

Encontros realizados

1999 - Três de Maio

2000- Itapiranga

2001 - Tunápolis

2002 - São Lourenço - Iporã do Oeste

2003 - Linha Santa Cruz - Santa Cruz do Sul

2005 - Blumenau

2006 - Dionísio/Barracão

2007 - Linha Ervalzinho - São João do Oeste

2008 - Linha Boa Vista - Santa Cruz do Sul

2009 - Itapiranga

2010 - Três de Maio

2011 - Iporã do Oeste

2013 - Santa Cruz do Sul

2014 - Linha Ervalzinho - São João do Oeste

2015 - Venâncio Aires

2016 - Blumenau

2017 - Vera Cruz

2018 - São Carlos

2019 - Boa Vista - Santa Cruz do Sul

2022 - Itapiranga

 

Hino da Família Lauschner

Ceci e Flávio Lauschner

Certo dia os Lauschner - resolveram emigrar
Deixando a Alemanha - vindo ao Brasil para morar
/: Muitos meses a viajar - navegando em alto mar
Com coragem os Lauschner - terras distantes foram parar :/

Quando aqui chegaram - a família ficou feliz
Foram meses em água - a encontrarem um novo país
/: Santa Cruz foi a terra em vista - se alojaram em Boa Vista
Hoje muitas famílias - dos encontros nunca desistam :/

O encontro dos Lauschner - sempre está no coração
Lembra os antepassados - com muita emoção
/: Nesse solo e querido chão - desenvolveu-se uma geração
Frutos dessas raízes - nos orgulham com gratidão :/

/: Lauschner Fest ist immer schön aber ich muss nach Hause Gehen
Nächst Jahr treffen vir uns vieder in di Gemaeinde du virst schon sehn :/

 

Acompanhe alguns registros da festa